Corey Taylor comenta polêmica sobre mortes de Chris Cornell e Chester Bennington

Corey Taylor comenta mortes de Chris Cornell e Chester Bennington

Em entrevista para a Loudwire após a noite de autógrafos de seu novo livro "America 51", Corey Taylor comentou as recentes mortes de Chris Cornell (Soundgarden) e Chester Bennington (Linkin Park), ocorridas em um intervalo de poucas semanas, e que chocaram os fãs de Rock ao mesmo tempo em que despertaram reações de pessoas que acusam ambos de terem sido "covardes" e "egoístas" por tirarem a própria vida.

Chama-los de 'covardes' é um jeito imaturo de ver as coisas. É o jeito mais fácil de enxergar coisas assim pois faz com que você não precise lidar com a seriedade do problema. É fácil apontar o dedo e dar as costas dizendo que é algo que não acontece consigo, quando por dentro você está machucado. Pessoas que lutam contra a depressão estão em sofrimento constante.

Corey ainda completa:
É uma porra de uma tragédia, mas isto não os faz serem covardes. Ouvi pessoas dizendo coisas do tipo 'estava na cara que iria acontecer'. Fico com tanta raiva quando ouço isto que me sinto na obrigação de dizer que você está completamente enganado. O suicídio não pode ser uma saída inevitável

Por fim, Corey manda uma mensagem para todos que passam por problemas assim: "Você não está só. Ninguém que se sinta assim está sozinho, é importante que vocês saibam disto".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.